A Abelhinha Maya e o Ovo Dourado (Maya the Bee 3: The Golden Orb)

9/25/2021 06:49:00 PM |

Quando vi o segundo filme da abelhinha alemã famosa em 2018 não imaginava bem o que poderia encontrar, pois na época só descobri que era uma continuação quando fui escrever, mas nada me atrapalhou, e toda a essência foi bem trabalhada e divertida, então eis que agora estreou mais um filme recheado de aventuras da pequenina abelha e seus amigos, aonde em "A Abelhinha Maya e o Ovo Dourado" vemos algo bem desenhado, com uma proposta cênica cheia de situações bem encaixadas de morais familiares, e principalmente sendo divertida e gostosa de curtir,  aonde vamos acompanhando todo o processo deles levarem a princesinha formiga até a sua colônia, fugindo dos besouros que desejam dominar o ambiente, e claro cheio de momentos graciosos bem interessantes de ver e se divertir, funcionando bem tanto para os pequeninos, quanto para os adultos, pois mesmo sendo uma trama levemente infantil, todo o processo é bem desenhado e emocionante de ver.

No terceiro filme de Maya a Abelinha, Maya e seu melhor amigo Willi são recrutados para uma missão ultrassecreta: cuidar da semente sagrada. Maya e Willie então se unem com Arnie e Barnie para entregar a semente em um novo lar, no top da misteriosa Montanha Bonsai. Mas tudo dá errado quando uma das "sementes" quebra e uma princesinha aparece da semente, deixando Maya e Willie surpresos. A missão agora passa a ser uma grande aventura cheia de caçadores de recompensa, bandidos e inimigos até devolver a princesinha perdida ao seu lar. Durante a jornada, Willie descobre algo em si mesmo que nunca achava que poderia fazer: se tornar protetor da princesinha perdida. Mas Maya também tem que aprender que confiança não é apenas uma palavra, mas algo a ser conquistado.

O mais bacana da parceria Alemanha e Austrália é que não vemos um filme engessado, pois aqui o diretor Noel Cleary que dirigiu o segundo filme em 2018 soube ser mais criativo e levar toda a proposta para um patamar ainda maior, com uma qualidade de desenhos bem mais simbólica, com muito mais personalidade e responsabilidades para os personagens, e principalmente mantendo todo o envolvimento gostoso da animação. Ou seja, temos algo ainda com um tom infantil, porem já amadurecido de estilo e com uma pegada própria para funcionar, o que acaba agradando a todos, sem soar apelativo demais.

Diria que os personagens foram bem pensados para chamar a atenção para si e desenvolver um pouco cada tipo de sentimento, pois com uma Maya bem aventureira tudo acaba sempre saindo dos eixos, e aqui a criança pode aprender que nem tudo na correria pode dar certo, mas que merece ser tentado. Vemos com Willie a dinâmica de um bom amigo que acompanha as loucuras de outro, mas que acaba aprendendo suas habilidades na raça, sendo gracioso com cada momento. Com as formigas Barnie e Artie tivemos toda a simbologia da bagunça, mas protegendo os amigos. E claro vemos também com os "vilões" a desenvoltura da busca por um objetivo, no caso rastrear e eliminar a bebê formiga para ganhar o domínio do monte, mas que na hora da necessidade todos precisam se juntar por um bem maior. Ou seja, um filme bem simbólico pelos personagens que acabam agradando em tudo.

Visualmente, o longa anterior já era bem colorido e representativo, porem agora capricharam ainda mais nós designs de cada momento, tendo muito mais folhagens e elementos cênicos bonitos de ver e acompanhar, já que na mudança de inverno para a primavera tudo começa a desabrochar e colorir todo o ambiente. Ou seja, um filme bem trabalhado no visual, e que agrada com simplicidade e beleza.

Enfim, está longe de ser daquelas animações reflexivas, aonde tudo vai ser chamativo e cheio de nuances, afinal o estilo é bem infantil ainda, porém tudo é tão bem feitinho e gostoso de acompanhar que acaba valendo a conferida para a família toda, e assim sendo vale a indicação. Bem é isso meus amigos, eu fico por aqui agora, mas volto em breve com mais textos, então abraços e até logo mais.


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...