Viúva Negra (Black Widow)

7/09/2021 02:29:00 AM |

Costumo dizer que a Marvel se consolidou de tal forma no cinema que hoje se pensamos em uma trama de qualidade envolvendo super-heróis, vilões, muita ação e conexão interfilmes pensamos neles, e dessa forma toda a sintonia e preparação é tão bem elaborada que tudo faz sentido sempre, ao ponto que mesmo a trama do lançamento "Viúva Negra" se passando no meio de dois filmes que aconteceram já há um bom tempo, tudo faz muito sentido, todas as conexões acabam rolando, e claro já deixaram na cena pós-crédito toda a intenção que deve rolar em uma das séries da Disney+, ou seja, é daqueles filmes completos que além de entregar muita ação e desenvolturas (aliás em determinados momentos do filme a saga "Velozes e Furiosos" foi bem representada com perseguições de carros e destruições de nível máximo nas ruas e no céu) consegue empolgar, e mostrar qualidade técnica na representação de uma personagem muito boa, que a atriz encontrou personalidade para desenvolver desde o começo alguém muito imponente em todos os filmes, e que agora se despede em grande estilo da franquia de filmes da Marvel. Sendo assim é daqueles que vamos conferir esperando algo muito bom, e saímos satisfeitos sem ter grandes reclamações de nada, pois tudo é muito bem feito e empolga, aliás nada é exagerar, pois se tenho que reclamar diria que muitos personagens foram praticamente jogados na trama, e quase nem sabemos quem são, mas isso não atrapalha a intensidade da protagonista e sua história acaba funcionando bem.

A trama nos conta que Natasha Romanoff precisa confrontar partes de sua história quando surge uma conspiração perigosa ligada ao seu passado. Perseguida por uma força que não irá parar até derrotá-la, Natasha terá que lidar com sua antiga vida de espiã, e também reencontrar membros de sua família que deixou para trás antes de se tornar parte dos Vingadores.

A diretora Cate Shortland é daquelas que sabem segurar uma trama com muito envolvimento do começo ao fim sem desapontar em nada, ao ponto que seu "Lore" é daquelas tramas que emocionam e agradam demais, e certamente foi a melhor escolha para a direção do longa que apresentaria de onde veio parte do passado de Natasha Romanoff, como também serviria de homenagem pelos seus préstimos para todo o Universo Cinematográfico da Marvel (afinal como bem sabemos no último filme dos Vingadores nos despedimos de sua personagem de uma forma bem trágica!), pois ela tem conhecimento de técnicas e é precisa aonde apontar a câmera para que o público enxergue exatamente a sua opinião sobre determinado ato. Ou seja, o que vemos na tela além de ser algo bem interessante para os fãs dos quadrinhos e dos personagens, é algo aonde vamos seguindo exatamente aonde a diretora nos leva para conhecer o momento que ela quer, e isso é algo brilhante de ver, e que faz com que o filme flua naturalmente sem grandes percas históricas, ao ponto que tudo vai acontecendo e cada momento vai sendo uma bela sequência do anterior para um grandioso desfecho, que mesmo fazendo toda a ligação com outros filmes, funciona também muito bem sozinho, e isso é o que deve acontecer com um bom filme. 

Sobre as atuações, é claro que ela vem mais perfeita do que nunca, Scarlett Johansson trabalhando bem sua Natasha, fazendo suas famosas poses (que é até motivo de piada dentro da trama por sua irmã), cheia de atos imponentes, e principalmente mostrando que mesmo o longa tendo diversas "viúvas negras" ela ainda será "a" viúva negra, e assim soube segurar seus atos, lutar ao máximo, e fechar um ciclo com muita perfeição de expressões, e claro, de diálogos bem encaixados na trama. Florence Pugh foi muito bem encaixada na trama com sua Yelena Belova, criando dinâmicas bem coesas, sabendo ser sarcástica nos momentos certos com seus diálogos, e principalmente mostrou atitude para ser bem usada nos atos aqui, e claro deixar as nuances claras do que veremos de sua personagem no futuro da saga, agradando bastante em tudo. David Harbour sempre coloca em sua filmografia personagens marcantes bem diferentes, e entrega tanta atitude que chega a ser até exagerado, e aqui seu Aleksei é daqueles brucutus que acabamos rindo e gostando de ver, e talvez até conhecer um pouco mais do seu Guardião Vermelho, ou seja, caiu bem para o papel e foi bem no que fez. Sabemos que Rachel Weisz é uma tremenda atriz, mas aqui sua Melina foi meio que simples e jogada demais, ao ponto que nem nos envolvemos com ela, nem a conhecemos direito na trama, o que acaba sendo algo ruim para a trama. Da mesma forma O-T Fagbenle apareceu várias vezes na trama com seu Mason e fiquei pensando se o personagem já havia surgido em outros longas, pois a forma que foi colocado é direta e cheia de carisma, mas não, o personagem é apenas desse filme, e o resultado mostrou que o ator até poderia ser bem mais usado, pois é bom. Ainda tivemos Ray Winstone muito imponente com seu Dreykov cheio de planos e imposições, fazendo boas caras e bocas, mas também sendo alguém que até vai longe na trama, mas não encanta tanto, e até Olga Kurylenko que sabemos do tremendo potencial faz apenas algumas pontas com sua Antônia, ou seja, conseguiram um elenco muito bom, mas que não foi tão usado quanto poderia, o que felizmente não diminui a potência da trama.

Visualmente o longa tem grandiosas cenas em uma prisão no meio de montanhas cobertas de muito gelo, com uma sequência de ação bem imponente em meio a uma avalanche, temos atos com carros e motos bem marcantes nas ruas parecendo fazer parte do longa "Velozes e Furiosos", e claro temos toda a estrutura cênica da Sala Vermelha gigantesca no meio das nuvens com muitos ambientes bem interessantes que no ato mais explosivo com tudo ruindo ainda manteve toda a ação com muita movimentação em meio aos pedaços voando pelos céus, ou seja, a equipe de arte elaborou uma cenografia marcante, mas certamente a maior parte de tudo ficou a cargo da equipe de efeitos visuais em CGI, pois posso dizer que uns 90% do longa é irreal, mas fica tão bem feito e com tanta desenvoltura cênica que acaba agradando demais.

Enfim, é mais um grandioso filme da Marvel que entrega bons momentos de ação e envolve bastante, que como fui completamente cético sem esperar nada dele acabei me surpreendendo e gostando do que vi, mas que certamente esperava um maior desenvolvimento dos personagens secundários para que conhecêssemos mais eles, e não apenas fossem jogados no longa, e sendo assim o resultado não atinge o seu máximo, mas se relevarmos isso é algo que funcionou bastante e que vai agradar bem quem for conferir, agora é esperar os outros 3 filmes da produtora desse ano para ver que surpresas ainda iremos conhecer nesse Universo, lembrando que para aqueles que gostam de séries a Disney+ está com várias opções que irão se interligar por completo, mas irei continuar vendo apenas os filmes, e falando na plataforma de streaming, para aqueles que não quiserem ir ao cinema, também podem conferir o longa por lá pagando a taxa de Premier Access. Bem é isso pessoal, fico por aqui hoje, recomendando o filme para todos que curtem a saga dos heróis da Marvel, pois os demais não irão ainda se apaixonar pela franquia toda, e volto em breve com mais textos, então abraços e até logo mais.


6 comentários:

@Ângelo Sancost disse...

Seria bom crítica das séries também🙂

Fernando Coelho disse...

Olá amigo, só quando acabarem todos os filmes que tenho que ver, o que é difícil de acontecer, pois são lançados vários todos os dias... já existem pessoas demais que comentam séries!

@Ângelo Sancost disse...

Desculpa aí !

Mauro disse...

Fala Meu Brother! Na paz? Vou ver ele hoje em 3D e te falo como ficou. Abraços!

Unknown disse...

Sabe se vão voltar a exibir as versões em 3D? Parece que o da Viúva Negra é muito bom o 3D. Os cinemas investiram tanto nos projetores 3D para agora não exibirem. Qual será o motivo. Valeu pelas críticas Fernado

Fernando Coelho disse...

Olá amigo, alguns cinemas já estão exibindo algumas sessões 3D, mas bem pouco, já que precisaria uma limpeza ainda mais efetiva nos óculos já que o vírus passa pelo contato... acredito que só quando realmente todo mundo estiver vacinado devam voltar com 100% das sessões 3D! Abraços!

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...