Amazon Prime Video - Passado Suspeito (The Black Widow Killer)

5/23/2021 10:55:00 PM |

Sempre investigações de assassinatos entregam tramas interessantes, e quando envolvem acidentes no passado geralmente fica aquela treta na cabeça que ficamos pensando aonde a protagonista está envolvida, quem tá causando tudo, quem é o homem que saiu gritando, e mais uma tonelada de dúvidas na nossa mente, porém alguns filmes abrem possibilidades maiores para que as dúvidas baguncem tudo, e outros entregam situações de uma maneira tão rápida que não precisamos nem ativar nosso modo detetive para desvendar tudo. E o longa "Passado Suspeito", que pode ser conferido na Amazon Prime Video, trabalha bem no meio do caminho das duas linhas, pois de cara dá pra desconfiar nos protagonistas, que boa coisa não fizeram no passado, mas também ficamos bem intrigados com todas as dúvidas jogadas, ao ponto que vão morrendo as pessoas, e vamos mudando o foco, só que infelizmente logo de cara um personagem dá uma bola fora, então tivemos uma leve quebra que não decola tanto o filme. Ou seja, é uma boa trama para quem gosta do estilo suspense com drama, e talvez pudesse ser até melhor com poucos ajustes, mas como não temos como mudar, o resultado final acaba valendo e sendo interessante de ver.

A sinopse é bem básica e nos conta a história de uma mulher que carrega traumas de um acidente que sofreu no passado e continua intrigada com o ocorrido quando uma série de assassinatos começa a ocorrer no aniversário de 25 anos do acidente.

Aparentemente pelo currículo do diretor Adrian Langley ele é uma máquina de produção de filmes, fazendo uma média de 2 a 3 filmes por ano, mas esse foi o primeiro que confiro dele, e posso dizer que ele tem uma boa mão para o estilo de suspense, pois conseguiu manter intrigado durante quase todo o longa, e principalmente foi seguro nas escolhas para que seu filme não ficasse tão solto. Claro que como disse no começo a trama tem algumas falhas que entregam facilmente algumas dúvidas, e o resultado nem chega a ser tão surpreendente por esse motivo, mas quem não notar tão rapidamente certamente irá se envolver bastante e curtir toda a teia de situações. Outro detalhe talvez fosse melhorar um pouco mais os detalhes para que o filme ficasse um pouco mais tenso, mas isso é uma opinião de estilo, e aqui por ser um filme que foi feito para a TV, não quiseram ir muito além, mas poderiam, pois seria daqueles filmes que várias surpresas pegariam a todos em cada novo momento de virada.

Sobre as atuações vale pontuar bem o trabalho de Erin Karpluk com sua Judy, pois a atriz foi bem expressiva, trabalhou bem todo o mistério, e principalmente fez trejeitos abertos de dúvidas, que geralmente pedem bem nesse estilo de filme, e o acerto foi bem marcante. Ryan Robbins exagerou um pouco no estilo de seu Steve, sendo daqueles xerifes que ficamos com dúvidas se ele também não está envolvido, além claro de ser ex-marido da protagonista, ou seja, o ator foi direto nos traquejos e chamou a atenção até mais do que seria comum de ver. Karen Cliche teve bons momentos com sua Alice, mas precisaria de mais tempo de tela para chamar atenção, pois ficou muito subjetiva em seus momentos e não entrou de cara como poderia, mas teve um bom fechamento e isso é o que importa. Quanto aos demais, a maioria foi apenas elemento de conexão, mas os jovens Morgan Kohan e Bradley Hamilton fizeram bem sua Abbey e Daniel, trabalhando bem o casalzinho romântico, e claro o desespero com todas as mortes, mas sem muito destaque.

Visualmente a trama tem uma boa pegada, e chega a ser até bonita demais a locação escolhida numa grande época de neve junto com paisagens mais fechadas, trabalhando bem a delegacia e a casa da protagonista em várias idas e vindas, além de a todo momento ir mostrando mais partes do acidente no passado, sendo que a cada reviravolta e claro com as mortes aparecendo cada vez mais perto da protagonista, todo o ambiente completo vai se revelando, ou seja, a equipe de arte fez bem o estilo e foi liberando tudo aos poucos numa boa interação.

Enfim, está longe de ser um longa perfeito do estilo, mas tem bons momentos, nos deixa intrigados por um bom tempo, e principalmente tem um envolvimento misterioso, ou seja, tudo o que gostamos de ver no gênero, e assim sendo vale a recomendação para conferirem. Bem é isso pessoal, fico por aqui hoje, mas volto em breve com mais textos, então abraços e até logo mais.


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...