LEGO Batman: O Filme em Imax 3D (The LEGO Batman Movie)

2/11/2017 01:47:00 AM |

Se você acha que a animação "LEGO Batman - O Filme" é só para levar os pequeninos fãs de Batman (que vão fantasiados para o cinema - galerinha mandando bem em plena sexta), pode tirar o cavalinho (ou melhor o batcinto empoeirado do armário) e correr para o cinema conferir essa superanimação que conta com as melhores piadas das HQs, diversos vilões conhecidos, muitas onomatopeias no momento certo, vilões de outros filmes e claro, muito Batman para ninguém botar defeito. Ou seja, um filme memorável que diverte demais tanto quem gosta de animações quanto quem gosta do Batman (quem não gosta do Batman?) e que com grandes sacadas acaba emocionando e trabalhando diversas sensações do começo ao fim, criando boas referências e trabalhando algo que vai divertir desde o pequenino que for pelo alto colorido (e claro pelos desenhos LEGO) quanto os mais velhos que forem se ligar em tudo que já foi feito de super-heróis que conhecemos seja por canais de animação, HQs ou até mesmo os filmes já feitos. Portanto vá para um cinema e se divirta como nunca!

O longa nos conta que sendo extremamente egocêntrico, Batman leva uma vida solitária como o herói de Gotham City. Apesar disto, ele curte bastante o posto de celebridade e o fato de sempre ser chamado pela polícia quando surge algum problema - que ele, inevitavelmente, resolve. Quando o comissário Gordon se aposenta, quem assume em seu lugar é sua filha Barbara Gordon, que deseja implementar alguns métodos de eficiência de forma que a polícia não seja tão dependente do Batman. O herói, é claro, não gosta da ideia, por mais que sinta uma forte atração por Barbara. Paralelamente, o Coringa elabora um plano contra o Homem-Morcego motivado pelo fato de que ele não o reconhece como seu maior arquinimigo.

Embora seja sua estreia na direção de um longa-metragem Chris McKay mostra que possui uma mão perfeita para pegar um roteiro muito bem trabalhado por diversas mãos, mas fixado na história de Seth Grahame-Smith, e determinar um rumo completamente diferente do que a DC andava trabalhando, já que se com filmes mais tensos o resultado andava incomodando tanto os fãs, ao trabalhar boas sacadas, piadas bem colocadas (zoando inclusive os diversos filmes do homem-morcego já feitos, e claro outras produções do Universo DC) e até mesmo botando um tom sério em alguns momentos (mesmo que possam ser também sacaneados e ironizados se levarmos ao pé da letra). Ou seja, saiu completamente do tom que estavam trabalhando, e felizmente acertou em cheio, pois o filme sem pestanejar pode ser considerado como um dos melhores filmes já feito do Batman, e que usando técnicas mistas de animação acabou vertendo tudo de forma tão dinâmica e interessante de ser vista que passa voando a sessão, nem parecendo ter quase 2 horas de projeção.

Claro que vamos nos divertir muito com Batman/Bruce Wayne, Barbara Gordon, Coringa, Dick/Robin, Alfred e outros conhecidos da DC, mas a sacada com grandes vilões do cinema foi tamanha que não tem como gargalhar ao ver Sauron, Voldemort, Godzilla, King Kong e até os bichinhos malvados mais fofos do planeta que conhecemos como Gremlins, ou seja, um longa completo de referências, que ao ser montado (literalmente com os LEGOs) acaba divertindo pela boa proposta e com muita sagacidade pelos personagens. Portanto não temos desculpa para reclamar da falta de uma boa história, pois ela está presente desde o começo até o final, com ótimas nuances, situações bem colocadas e arquitetadas por uma equipe completamente criativa, e principalmente mesmo contando com uma boa trama, ainda tiveram a expertise de colocar personagens bem encaixados e carismáticos para envolver a todos, ou seja, sucesso completo.

Com muitas cores (claro com o preto do Batman dominando diversos momentos), efeitos bem encaixados e claro barulhos sonoros que divertem pelo abuso clássico (por exemplo as arminhas fazendo barulho da mesma forma que brincávamos fazendo piuuuu piuuuu no melhor estilo Star Wars das antigas), a trama acabou conectando um pouco de tudo. Mas se você acha que não tinha do que reclamar, infelizmente usaram muito pouco a tecnologia 3D, tendo uma ou duas cenas com mais dinâmica e profundidade, o que nem seria necessário trabalhar tanto, e olha que num mundo cheio de pecinhas pequenas de lego, certamente muita coisa poderia ser tridimensional vazando para fora da telona, mas como não foi bem essa a proposta do longa, o resultado em geral até agrada visualmente, tendo uma boa conexão nas cenas com muitos objetos, mas poderia ser incrível.

Enfim, é um filme que vale demais conferir, a dublagem internacional está incrível (é quase um milagre vir animação legendada para o interior, mas dessa vez veio e pude conferir, mas claro que irei ver dublado se ficou bacana também em breve) e claro que trabalharam bem as piadas no conceito americano (talvez no dublado tenham usado outras e falarei disso no Domingo). Portanto largue seus preconceitos em casa que animações são apenas para crianças, e vá conferir no cinema mais próximo sem precisar assaltar algum parente pequenino, pois a garantia de uma boa diversão é total. Bem é isso pessoal, fico por aqui hoje, mas volto em breve com a última estreia da semana (no interior que não vem todas as estreias, claro!), então abraços e até breve.

Falando um pouco sobre rever hoje "LEGO Batman - O Filme", agora a versão dublada... nem metade das piadas legais do legendado foram colocadas no dublado... algumas novas até agradam, mas longe do brilhantismo que vi na sexta... quem puder, veja legendado... em Ribeirão Preto nessa semana de 09/02 a 15/02 está passando no UCI Cinemas - Ribeirão Shopping.. 2D as 17h20 e 3D as 17h40!


0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...