As Aventuras de Robinson Crusoé em 3D (The Wild Life)

12/04/2016 12:10:00 AM |

Praticamente passei um ano inteiro vendo o trailer de "As Aventuras de Robinson Crusoé" nos cinemas a cada nova estreia de animação, e quando achava que ia estrear, mais uma nova alteração de data vinha e com isso nada do longa aparecer, e mais vezes vendo o ótimo 3D do trailer, esperando ver claro muito mais além disso nas telonas. Pois bem, cá depois de 4 alterações de data, eis que finalmente apareceu o longa nos cinemas, e posso dizer que o 3D é melhor do que o trailer, com muita perspectiva de profundidade, diversos elementos saindo da tela, porém a trama é deveras infantil, com personagens tão bobinhos que qualquer criança acima de 5 anos é capaz de se cansar com o que verá em minutos e já irá começar a reclamar para ir embora da sala. E embora o tom seja bem infantil na maior parte da trama, temos os vilões gatos selvagens com um teor mortal tão feroz que facilmente poderia assustar as crianças, ou seja, ficaram na dúvida entre o bobinho ou amedrontar de vez, o que mostra um despreparo da equipe, e talvez até seja a justificativa da distribuidora brasileira para segurar um longa que estreou mundialmente em Fevereiro/2016 e só agora resolveram colocar nas telonas brasileiras.

O longa nos apresenta Terça-feira, um extrovertido papagaio vive com seus amigos animais em uma pequena ilha, um verdadeiro paraíso. Entretanto, ele não consegue parar de sonhar em descobrir o mundo. Após uma violenta tempestade, Terça-feira e seus amigos encontram uma estranha criatura na praia: Robinson Crusoé. Ele imediatamente enxerga Crusoé como seu passaporte para realizar seu sonho. Por outro lado, Crusoé logo descobre que a chave para sua sobrevivência na ilha é através da ajuda de Terça-feira e os outros animais.

A animação franco-belga possui traços interessantes, uma fotografia bem densa que transformou o visual da trama em algo bem satisfatório de ver, mas faltou aos diretores fazer o mesmo que fizeram em 2010 com uma das melhores animações que já vi até hoje, e que inclusive foi feita por um deles Ben Stassen, no caso "As Aventuras de Sammy", pois lá mesmo o nível infantil soou agradável e conseguiu divertir, o que não acaba ocorrendo aqui, tendo apenas personagens bobinhos, mas sem muita pretensão. Agora sem dúvida alguma após ver quem é o diretor da trama soube o motivo do 3D ser tão perfeito, pois até hoje desconheço em animações, um longa que a tecnologia tenha funcionado tanto quanto em Sammy, e aqui repetiram a dose, com cenas aonde os personagens rolam para todos os lados dando profundidade de campo, em outras coisas voando para fora, e praticamente todos os personagens com boas texturas e movimentos claros pensados na tecnologia, só ficando devendo mesmo uma história menos infantil ou se fossem dosar com os gatos estranhos, algo já mais adulto e pronto para viver vingança e tudo mais, pois o meio termo que acabaram adotando soou frouxo e bobinho demais.

O principal problema da trama podemos atacar ao fato dos personagens serem desconexos com a ideia, e nenhum cativar nosso carisma, pois todos fazem brincadeiras bobas, todos possuem um percentual de protagonismo, e da mesma forma, todos acabam atrapalhando o andamento da trama, faltando aos diretores determinarem quem realmente protagonizaria tudo e chamaria a responsabilidade para si, no caso Crusoé ou até mesmo Terça-Feira, pois aí sim os demais apenas como leves coadjuvantes poderiam participar e agradar até mais apenas fazendo as bobagens tradicionais. Quanto dos gatos, chega a ser interessante o nível de vilania deles, e claro que ao mostrar como uma ninhada ficou tão ruim quanto os pais, podemos analisar que os diretores foram duros ao querer mostrar algo tenso demais com eles em um filme infantil, que certamente poderia ser mais leve.

Enfim, é um filme interessante de ver, que está longe das pretensões de ser um clássico infantil, mas que deverá agradar bem os pequeninos até no máximo uns 6-8 anos, pois tem um colorido bacana, um 3D divertido para ficarem querendo pegar as coisas, e uma história bobinha, mas que dá para passar algum tempo assistindo, porém para as outras idades é melhor procurar outro filme, pois vão reclamar. Bem é isso pessoal, fico por aqui hoje, mas volto logo mais com mais textos por aqui, então abraços e até breve.

PS: A nota é mais pelo bom 3D e pela fotografia da trama, pois sem esses bons elementos com toda certeza seria bem menor.

2 comentários:

Docesorte disse...

Estava na expectativa do lançamento para levar minha mae, que adorava assistir Robinson Crusue, mas lendo isso desanimei....

Fernando Coelho disse...

Olá Docesorte, espere sair em DVD e alugue para ela ver, as vezes pelo lance do Robinson que ela gostava, talvez acabe gostando mais... mas vi tanto o trailer dele que esperava bem mais! Abraços!

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...