Cada Um Tem A Gêmea Que Merece

2/12/2012 09:30:00 PM |

Algumas comédias você vai ao cinema já sabendo o que vai ver, as do Sandler principalmente, mas com tantas críticas negativas, já estava pensando em nem ir assistir o longa "Cada Um Tem A Gêmea Que Merece", e mais uma vez chego a conclusão de que não devo ler críticas antes de assistir a filme nenhum, pois o filme tem suas tosquices sim, mas é bem divertido e como sempre falo se a função de uma comédia é fazer rir, então se ela diverte cumpriu seu papel e deve sim ser vista lotando as salas como vi hoje.

O filme é focado em Jack Sadelstein, um publicitário de sucesso em Los Angeles com uma bela esposa e filhos, que ano após ano teme um evento: a visita de sua irmã gêmea idêntica Jill no feriado de Ação de Graças. A carência e a atitude passivo-agressiva de Jill enlouquece Jack, transformando sua vida normalmente tranquila de cabeça para baixo.

Como todos sabem, o estilo de humor de Adam Sandler é bem peculiar, e sempre vai causar dissidências de quem gosta assiste, e quem não gosta vai sempre odiar. Embora venha usando menos escatologias em seus filmes, sempre sobra um pouco e claro as vezes essas coisas nojentas ou fazem rir ou desgostar de um todo. Dessa vez até que curti bastante a forma colocada. Na minha opinião o maior erro do filme não está nos personagens de Sandler, e sim na colocação errada de Al Pacino, que com toda certeza não caberia no longa, mesmo a piada feita em cima de ter apenas 1 Oscar ter sido legal, mas já apresentada no trailer. Na minha opinião se tirassem as cenas inúteis do piquenique entre Jill e Felipe o longa seria bem melhor e me agradaria mais do que já gostei.

As atuações, muitas de duplo-papel, estão bacanas e agradam, embora muitos personagens estão ali para encher linguiça e sem eles o longa passaria tranquilamente. Adam Sandler está bacana tanto na versão masculina como um publicitário bem sucedido mas que tem um desafio difícil de conseguir, por Al Pacino para fazer um comercial ridículo, como na versão feminina musculosa e desajeitada. Al Pacino fazendo ele mesmo mostra que não tem tino pra comédia mesmo, não tem um filme que tenha feito papel cômico que eu lembre de ter me agradado. Os demais nem seriam necessário citar, pois como sempre falo são coadjuvantes com falas, mas o garoto Rohan Chand vale um pequeno destaque para as ótimas falas, principalmente na cena em que fala para Sandler o que vai vestir, sendo a cena que mais ri no longa.

Outro ponto que sempre me agrada nos filmes do Sandler, é que nunca poupam dinheiro com produção, sempre com locações grandiosas e muitíssimos figurantes, claro sempre colocando os patrocinadores para aparecer, aqui no caso o cruzeiro marítimo que é bem mostrado para vender a locação usada para o filme.

Os depoimentos iniciais foram bem interessantes para mostrar "coisas" de gêmeos que foram incorporadas para o feitio do longa, e com o fechamento usando os depoimentos novamente achei bem legal. Não que tenha engrandecido algo, mas caiu bem mostrar coisas que poderiam parecer bestas que eles fazem durante a projeção mas que teoricamente são verossímeis.

Enfim, se você gosta de uma comédia escrachada que vai fazer rir por alguns motivos forçados às vezes, recomendo que veja o longa, mas se você detesta filmes assim fuja senão com toda certeza irá odiar. Eu particularmente ainda prefiro o "Gente Grande" dele, mas esse vai ficar também bem colocado. Encerro aqui hoje, mas amanhã tem mais. Abraços.


4 comentários:

Fernando Coelho disse...

Pessoal, como falei antes, opiniões negativas anônimas sempre serão eliminadas ok.

Alysson Mello disse...

Concordo em muitos pontos que vc falou inclusive acho que o papel do Al Paccino não trouxe nada ao filme, ele realmente nao se encaixou na historia, apesar de cliches o filme faz rir queé o principal intuito, adorei seu blog, ate mais!

Paulo Martins disse...

e verdade que o johnny deep aparece no filme?

Fernando Coelho disse...

Olá Paulo, sim... ele aparece numa cena dum jogo de basquete ao lado de Al Pacino... assista e comprove... o filme faz rir como o Alysson falou vale por isso, que é o intuito de qualquer comédia fazer rir. Valeu pelos comentários, que bom que gostou Alysson, volte sempre. Abraços pessoal.

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...