Happy Feet 2 em 3D: O Pinguim

11/27/2011 05:28:00 PM |

Não sei mais em quem apostar, o Oscar de animação promete ser na minha opinião o mais concorrido de todos, claro ainda temos a principal aposta de Hollywood no fim do ano: "Tintim", mas ainda não dei nada pra ele. Hoje vendo "Happy Feet 2: O Pinguim", me fez relembrar os velhos clássicos da Disney, onde as músicas fazem parte da emoção ditada para que o filme seja conduzido.

Na sequência do sucesso ganhador do Oscar de Melhor Animação, Happy Feet 2 leva o público de volta às paisagens magníficas da Antártica e os reúne com o pinguim sapateador mais famoso do mundo, Mano, o amor de sua vida, Gloria e seus velhos amigos Ramon & Amoroso. Mano e Gloria agora tem um filho, Erik, que se esforça para encontrar seus próprios talentos no mundo do Pinguim Imperador. Porém, novos perigos ameaçam a nação pinguim e todos vão precisar trabalhar – e dançar – para salvá-la.

A sequência no quesito técnico está anos luz a frente do original, agora neve e água parecem tão reais que ninguém diz que foi feita por computadores, está um visual caprichado de maravilhas no gelo, a história agora volta ao famoso degelo polar e as mudanças climáticas, mas esta vez ficou mais voltada para os animais do que tanto ao apelo humano que houve no primeiro.

Os pinguins estão como sempre bem carismáticos e cantantes, e com isso como disse relembrou as boas produções Disney e suas canções compostas por Elton John e Phill Collins que emocionavam o público, aqui até temos algumas originais, mas as mais envolventes estão nas já conhecidas do público em geral, e a música da cena final junto dos elefantes marinhos fez esse Coelho aqui lavar o óculos 3D.

Falando no 3D, achei completamente desnecessário, pois são algumas cenas com boa profundidade e algumas jogadas de neve para fora da tela, portanto é dispensável e caso queira pode economizar um dinheiro vendo em 2D.

Os personagens novos inseridos na trama são interessantes, só que não cativam tanto o público como fazem os pinguins. O papagaio do mar até tentaram jogar o foco bastante nele, mas acaba sumindo tanto quanto o elefante marinho que aparece rapidamente no início para voltar no final apenas. Os camarões Bill e Will, estão tão destacados que aqui parecem ser como o Scrat da "A Era do Gelo", apenas aparecendo para cenas avulsas do filme e nelas é onde está presente a maior parte do 3D do filme.

O filme como um todo, é agradável, mas é mais do mesmo, porém ainda conseguiu emocionar, o que é um ponto importante, eu não acredito que tenha fôlego para um terceiro, mas Hollywood é sempre uma incógnita e dando resultado de bilheteria é certeza uma nova aparição. Recomendo que vejam mais como um revival das boas animações cantadas de antigamente do que como uma história nova para ver no cinema, que assim será mais bem aproveitado e mais agradável de assistir. É isso, mas daqui a pouco tem mais filmes por aqui nessa semana que vai ser longa de posts. Abraços.


18 comentários:

Anônimo disse...

Também tenho que concordar com o senhor, o primeiro filme ensinou uma lição: aceitar as diferenças mas o segundo nao tem significado, acho que o significado é nao ria dos outros. Sei que vc sabe muito sobre esse filme, entao vc me diria qual é o nome das musicas que aparecem no filme?
obnrigada, se consiguir escreva porfavor.

Fernando Coelho disse...

Rapaz, não me chame de senhor não... por favor... sou muito novo ainda pra isso hehehe... só você mesmo já tá de bom tamanho!!!... Pois é ainda não achei a parte consensual dele não, mas é bem feitinho né pelo menos. Da parte das trilhas o melhor lugar para isso sempre é nos amigos do Cineplayers... segue o link: http://cineplayers.com/trilha.php?id=743

David Anthony disse...

Olha eu de novo por aqui, coelho...
[Antes de falar da sua crítica]
Falar de Happy Feet 2 pra mim vai ser maior satisfação.

Primeiro fato: Meu pai não curte muito cinema, mas ele aceitou ir ao cinema justamente no dia do aniversário dele para ver o filme em destaque. A emoção de ver o filme no cinema e em 3D foi única pra ele. Ele saiu do filme, após longas risadas, prometendo voltar muitas mais vezes. Ou seja, o filme conseguiu tirar meu pai dessa inertibilidade cinematográfica.
Agora somos uma família feliz!!! hahahahaha

Segundo fato: Ao meu ponto de vista, se você quiser ver um filme com uma moral enorme no final, veja Happy Feet. Agora se quiser ver um filme engraçado e com uma lição do 'top família', veja Happy Feet 2.

Este filme funcionou muito bem como sequência. tem suas falhas gananciosas, como já é comum em sequências hollywoodianas. Mas diverte e a animação tá muito 10!!!
Filme sensacional pra se ver com a família nesse fim de ano.

Quanto a sua crítica... Mais uma vez está de parabéns por citar muitos pontos intrincados que muitos críticos preguiçosos não gostam de destrinchar para o público.

Agora... Só esperar por "The Adventures of Tintin".
Abraços*

Fernando Coelho disse...

Olá David, fico feliz quando família consegue ver filme unida no cinema, aqui em casa o povo foge um pouco... uma pena... o que você falou sobre o lance da moral familiar é legal, pois possui isso mesmo no 2 olhando por esse lado. Quanto a crítica ainda poderia ter destrinchado até mais o filme, mas foi na semana mais corrida da face da Terra que tive com varias estreias e festival italiano e festival da minha antiga faculdade, então pirei e pus o básico. Valeu por gostar. Tintin ainda não me convenceu pelos trailers, mas veremos e quem sabe serei surpreendido. Valeu pelo comment e abraços.

David Anthony disse...

Ficou boa, sim, a crítica.
Quando a gente faz algo que gosta e de coração, flui tão natural que quem está por fora nem percebe nossas falhas, onde para nós são notáveis.
So... keep the good job and enjoy it as you can.
;)
Abraços!

PS: esperei uma crítica sua de "Breaking Dawn" só pra poder discutir com alguém a respeito, mas você não a fez... Pena... Mas fica pra próxima. hehehehe
-fui-

Fernando Coelho disse...

Olá Davi, valeu por gostar, sempre penso assim, gosto de fazer isso por ser apaixonado e também por ainda não ter arrumado grana suficiente pra rodar o meu filme, quanto do "Breaking Dawn", deixei para ver todos no ano que vem e encerrar duma vez, já sofri demais com Harry Potter tendo de esperar um a cada ano, então filmes ou séries que sei que vai ter 200(modo de dizer), espero o último e vejo tudo duma vez só... agora os que vão colocando que nem Transformers ou Jogos Mortais(o qual sou apaixonado pela série), vamos vendo um a um né, fazer o que se os produtores sempre querem mais dinheiro(um dia ainda estarei do lado de lá... espero). Abraços.

David Anthony disse...

Olá, Coelho
É uma paixão muito bonita essa, pela sétima arte... Nem temos muito a especular sobre essa afirmação.
Quanto a "Breaking Dawn", seria legal ter uma crítica sua, mas, já que escolheu fazer dessa forma, tudo bem, eu vou respeitar e esperar.
É realmente frustrante saber que franquias tão boas como "Transformers" um dia chegarão ao fim e, por sua vez, poderão ser ou não TÃO gananciosas como as últimas sequelas criadas por Hollywood.
Se algum dia você conseguir a produção completa do seu filme, pode ter certeza que eu estarei lá e terei uma boa crítica ao final. hahaha
Abraços*

Tarcísio Silva disse...

Mano, Gloria, Ramon ,Amoroso, Erik, Bill e Will

#NatalDoCoelho

Adrielle disse...

Mano, Gloria, Ramon ,Amoroso, Erik, Bill e Will #NatalDoCoelho

Cuba disse...

Mano, Gloria, Ramon ,Amoroso, Erik, Bill e Will

#NatalDoCoelho

Johnny disse...

Mano, Gloria, Ramon ,Amoroso, Erik, Bill e Will #NatalDoCoelho

Amanda Rodrigues disse...

Assistir animações no cinema é algo tão inspirador... Digo isso porque elas sempre nos "desligam", ainda que por instantes, dos problemas "reais" e nos levam a outro lugar. Mas esse lugar,ao mesmo tempo q nos desliga de tais problemas, paradoxalmente nos conduz a olhá-los de forma diferenciada, a perceber que os problemas podem ser encarados com um toque sutil, um sorriso, uma canção. Foi essa a sensação predominante que saiu comigo daquela sala de cinema.
Assisti esse filme com meu namorado, a irmã dele e o marido dela. Havia algumas crianças na sala, mas os risos mais altos e frequentes era os nossos, com certeza!
Não consegui resistir à voz lindinha do Erik - a cena em que ele canta foi o máximo! Ri infinitamente! hahaha

Músicas com lições de vida, personagens que encantam, história alegre e cativante. Sessão demais! E olha que eu nem assisti Happy Feet 1 - entendi tudo graças ao meu namorado, David Anthony (é, esse que sempre comenta aqui no seu blog... hehe Ele explicou tudinho o que rolou no primeiro filme. Ele estava ao meu lado, assistindo pela segunda vez, esse filme tão especial... =)

Fernando Coelho disse...

Olá Amanda... já vi que seu namorado arrumou mais uma fã pra comentar aqui no blog hehehe... sempre são bem vindos aqui todos. Dá um abraço(só abraço ok) nele. Eu adoro animações, é uma delícia isso que você falou de poder nos desligar de problemas. Fora que é algo tão difícil de fazer, que literalmente eu choro ao assistir algo bem feito como vi nesse filme. Abraços e volte sempre.

Anônimo disse...

eu presiso das mudansas climaticas do filme

Anônimo disse...

Qual é o nome daquela música que os elefantes marinhos vem cantando quando estão a caminho da terra dos imperadores???

Fernando Coelho disse...

Olá Amigo anonimo!!! Rawhide enquanto vão indo pra lá... e depois Under Pressure/Rhythm Nation... todas você pode ouvir aqui: http://www.songonlyrics.net/soundtracks/happy-feet-2-soundtrack-list-tracklist.html Abraços!!

Fernando Silvino disse...

concordo que o 3D nao e tao forte durante o filme mas a partir dos letreiros finais fica incrivel a tecnologia,bolhas saindo da tela e explodindo a todo momento,da vontade de ficar no meio da sala pegando..gostei do filme,boas músiquinhas..

Fernando Coelho disse...

Olá Fernando! Me diz quem paga para ver créditos? E principalmente quem fica na sala durante os créditos sem ser filme da Marvel que tem cenas extras? Das músicas concordo em gênero e grau que são ótimas... mas do 3D fazer algo para crédito é mais criminoso do que não fazer! Abraços!

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...