Professora sem Classe

8/25/2011 12:09:00 AM |

Tá permitido palavrões hoje no texto? Não porque a censura é 14 anos, com o perdão da palavra isso literalmente fodeu com o filme. Me citem um filme com temática erótica que caia num filme escolar sem prejudicar: "Show de Vizinha"; agora me cite um filme com temática escolar que caia num filme erótico sem prejudicar? ....... Sem entrar nos vários títulos pornôs brabos que aparecem por aí no submundo do crime não existem. Porque perguntei isso, o que fizeram com "Professora sem Classe" é exatamente isso, o filme teria tudo para ser, não erótico, mas muito mais escrachado com censura 18 anos, porém fizeram um filme que imaginavam cair numa Sessão da Tarde da vida, só que não empolga nem os mais velhos nem serve de base com o pouco de "erotismo/palavreado" que é colocado para mostrar para a molecada.

O filme mostra como alguns professores simplesmente não estão nem aí. Por exemplo, há Elizabeth. Desbocada, cruel e inapropriada; ela bebe, fica alta e mal consegue esperar para receber seu vale refeição e dar o fora do seu trabalho entediante. Quando ela é abandonada por seu noivo, logo traça um plano para conquistar um professor substituto rico e bonito, mas que tem a atenção disputada por uma colega excessivamente enérgica, Amy. Quando Elizabeth também se vê lutando contra os avanços de um sarcástico e irreverente professor de educação física, as consequências de seus esquemas selvagens e exóticos dão aos seus alunos, colegas de trabalho e até para ela mesma uma lição como nenhuma outra.

É lindo ler uma sinopse e refletir, claro o lance da moral, que tem de ter em todos os filmes colocados para a faixa etária 14 anos nos EUA, até hoje não sei se isso é lei, mas tá sempre lá escondido em algum momento. A história em si não é ruim, e a forma mostrada até diverte(leia aqui como faz rir) em alguns momentos, mas em outras cenas, eu me fiz a pergunta: "O que eu to fazendo aqui?". Chega a ser exagerado de infantil, e ao mesmo tempo é forte demais para uma criança ver.

Sei que vocês já devem estar confusos com essa mistureira que eu estou fazendo de perguntas e comparações, mas aí que está todo o lance do filme, o que eu vivo falando de erro ao escolher o público alvo que anda ocorrendo demasiadamente nos últimos filmes. O roteirista pega e faz um roteiro para ser colocado de 16 a 18 pra mais, pega um produtor/diretor que quer ganhar grana e faz um longa para 14 apenas adaptando um texto. Peraí né, tem público pra ambos os gêneros, mas misturar só desenho faz e mesmo assim alguns andaram patinando ultimamente.

As atuações, beiram o básico sessão da tarde mesmo, fracas e não objetivas, Cameron Diaz é linda, isso todos sabemos, mas humoristicamente falando não caiu bem nesse filme, Justin Timberlake eu prefiro nem opinar, agora Lucy Punch é o cúmulo de caras e bocas, meu DEUS o que é aquilo. Em resumo não olhe pra atuação senão você terá um algo que eu nem sei o que você terá.

Nossa que texto mais maluco esse que eu escrevi. Colocando um spoilerzinho acho que isso que me deixou mais maluco foi ver uma cena de sexo com duas pessoas sem tirar a calça jeans, tudo fechado apenas de forma esfregação, com final acontecendo na própria calça. Bom com essa eu encerro o texto, veja por sua conta e risco, eu achei mediano, não é tão ruim quanto o povo fala, mas que poderia ser imensamente melhor se tivesse sido feito para censura 18 anos. É isso encerro essa semana cinematográfica, e a partir de sexta tem muito mais por aqui. Abraços.


7 comentários:

Wesleyaxé disse...

Eaí Fernando!!

Eu criei tanta expectativa pra esse filme, pq adoro a Cameron Diaz e nem sabia que era com Jason Segel também, aliás na minha opnião ele foi o melhor em cena, sou fã dele desde Ressaca do Amor.

Então minhas expectativas foram por água abaixo com esse filme, a estória é até divertida mesmo, mas durante o filme eu fiquei incomodado por sorrir, olhava pra minha namorada que também não sorria, então eu via que tava tudo certo, era o filme que não fazia sorrir mesmo...rs, pior que ví várias tentativas no filme de nos fazer sorrir, mas que não foram felizes, no máximo me simpatizei com a idéia.

Fernando Coelho disse...

Opa Wesley... o Jason nem citei como sendo um dos ruins porque ele tá bacana, apesar de aparecer bem pouco... também curto ele... pra falar a verdade eu ri mais duma risada duma pessoa escandalosa que tinha na sala que do filme... É o que você falou... um filme simpático e só... a idéia é boa, mas faltou algo, que na minha opinião foi definir o público alvo e atirar nele. Valeu o comment aí. Abraços.

Wellington Franke Jr. disse...

O tema deste filme não é novidade!!

A priore, achei que fosse um spin off (nem que fosse pelo argumento) de Great Teacher Onizuka (um mangá de grande sucesso que rendeu desenho, série, novela e filme) que aborda um tema bem semelhante, que ao contrário do filme estadunidense é bem melhor, muito mais inteligente e engraçado...

Alguns roteiristas de Hollywood tem explorado títulos de gibis nipônicos de grande sucesso como fontes de inspiração, depois vendem o filme como se fosse algo tão original...

Ninguém recorda a acusação de Plágio contra a Disney sobre o Simba de Rei Leão e o Kimba - o leão branco?

Fernando Coelho disse...

Ola Welington... bom pra Hollywood esse quesito é até mais deles que brasileiro realmente:"Nada se cria, tudo se copia", lá eles usam ao pé da letra e ainda premiam como Melhor Roteiro Original o filme. Esse que você citou não vi ainda, vou procurar assistir, para ver já que você recomendou. Valeu o comentário. Abraços.

peça disse...

procura no youtube:kimba o leão branco.o rei leão é plagio do kimba,TUDO O QUE TU VIU 17 ANOS ATRAS E SE EMOCIONOU EU VI NA DECADA DE 70 SÓ QUE ORIGINAL,DESENHO JAPONES NADA CONTRA O REI LEÃO SÓ QUE MUITOS NÃO SABEM MAS ELE É PLAGIO

Fernando Coelho disse...

Ola Peça, um amigo meu que é fã de filmes japoneses me passou o Kimba, realmente é plágio puro, mas confesso que à 17 anos atrás malemá eu tinha acesso ao que me era exposto, quanto mais a filmes japoneses... então ainda manterei minha emoção com o da Disney. Valeu o comment.

Rogerio_ruts disse...

Péssimo filme.
Muito forçado.

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...