O Homem do Futuro

8/28/2011 02:28:00 AM |

Quando se vê o nome das maiores produtoras do Brasil reunidas na abertura de um filme já é de se assustar, ou vem a grande bomba do ano ou vem o melhor filme do ano brasileiro. E ao final posso dizer de boca cheia "O Homem do Futuro" é o melhor filme brasileiro desse ano até o presente momento, muito bom mesmo, tem comédia, ação, romance e ficção juntos num único filme(e claro pro ex-matemático aqui, uma dosezinha de física quântica).

Na história temos Zero é um cientista brilhante e solitário que acredita ser infeliz porque 20 anos atrás foi humilhado pelo grande amor da sua vida. Ao tentar criar uma forma revolucionária de energia, volta acidentalmente ao passado e se vê diante da chance de encontrar a si mesmo mais jovem e "corrigir" os erros de sua prória vida. Tentar manipular os caminhos do tempo é mais difícil e confuso do que possa parecer.

Muitos vão falar que o roteiro pode ser considerado uma mistura de "De Volta Para o Futuro" abrasileirado, mas a história convence, tem sua homenagem, mas não ficou presa nisso. O diretor soube dosar todos os gêneros de forma gostosa de se ver(e colocando Alinne Moraes no meio põe gostosa nisso). Não ficou aquele romance meloso, nem aquela comédia pastelão, muito menos uma ficção maluca sem fins intencionais. E principalmente não ficou novela global, salve o cinema feito para ser cinema.

A fotografia aliada aos efeitos(muito bem feitos por sinal, que foi o que faltou em "Nosso Lar") soube remeter cenas mesmo que pouco, claro para dar uma economizada na produção e também não desfocar do tema, os anos 90 no Brasil. A direção de arte soube utilizar fantasias que eram comuns naquela época para manter o foco na data durante as cenas internas que são a maioria, assim ficando bem característico.

Outro ponto bem positivo, que vocês verão aqui na minha opinião acho que apenas foi a pesquisa que o diretor teve para criar o roteiro e diálogos, pois muito do que é falado são coisas realmente ditas em aulas de física quântica, não foram meras palavras jogadas num roteiro, e isso caiu muito bem para que tanto pessoas que fossem da área vissem e não xingassem, quanto para leigos acharem que tudo aquilo realmente é algo abstrato que somente físicos e cientistas loucos sabem.

Quanto da atuação, definitivamente Wagner Moura é o ator da década, não tem outro no páreo e nem vai ter, ele sabe como interpretar ele mesmo em 3 épocas diferentes e ponto, o que se vê em cena é um brilhantismo cômico que não víamos desde a novela "Paraíso Tropical" com seu inesquecível Olavo. O diretor escreveu esse papel pra ele, e somente ele poderia fazer, mais ninguém. Alinne Moraes é dificílimo falar sem pensar na cena na qual ela está com essa roupa do pôster, afinal além de estar deliciosa no filme soube interpretar bem seu papel, nas cenas em que foi necessário(vide a cena do futuro no filme). Todos os demais coadjuvantes estão muito bem em cena e não estragam nem chamam a cena pra si, o que costumamos ver em muitos filmes brasileiros ultimamente.

As trilhas sonoras escolhidas, mesmo que repetida 5 vezes "Tempo Perdido" do Legião Urbana, foram todas bem empregadas e condizem com o momento. Nenhuma destoa e agrada, claro se você gosta ou não da música estará cantarolando ela no corredor do shopping até chegar no seu carro, isso é  normal ok?

Enfim, quando já tinha visto o trailer e ouvia o burburinho que lia pela mídia de ser a aposta brasileira do ano, eu gostava do que via, mas estava exitante em concordar com o que ouvia, porém agora após assistir realmente concordo em número, gênero e grau, o filme é muito bom, gostoso de ver, passa tão rápido que mesmo indo na última sessão, com suas quase duas horas não dá sono e faz voltar toda aquela vontade que outros filmes tinham rancado de mim de fazer filme no Brasil, ainda há esperanças. Recomendo sim para todos, e pena não ser o tipo de filme que indicamos a prêmios, pois pra mim cinema é isso: causar entretenimento e não sair desapontado de uma sala de cinema. Fico por aqui hoje, mas amanhã tem mais. Abraços.

PS: Vocês devem estar falando, nossa com tantos elogios o Fernando vai dar 10 coelhos finalmente para um filme brasileiro, até gostaria, mas não gostei de algumas tomadas dos pensamentos do protagonista com tantos desfoques de tela, e a cena de sexo entre o casal poderia ser feita de outra forma, não me agrada aquele tipo de enquadramento. Então por isso apenas um 9, mas tirando essa minha opinião de enquadramentos o filme é 10.


10 comentários:

Rogério Marinho disse...

É o filme do ano, como disse o Fernando!!!!

Ivan Gagliardi disse...

O Homem do Futuro destruiu a chance de qualquer outro filme nacional depois dele, nesse ano ser "o melhor do ano". Ele merece fazer sucesso, e é finalmente um filme de ficção científica nacional, o que é um grande marco para nosso cinema.

Vejo uma um mudança de ares se formando em torno do cinema nacional. Já tinha começado com os tropa de elite e está se fortalecendo nesse. Estão perdendo o medo de fazer outros gêneros cinematográficos que até então era tido, mesmo que inconscientemente, como "proibidos" por uma série de preconceitos pseudo-cults ou limitações de produção e recursos.

E o que é melhor, é comprovado que é viável esses gêneros por aqui.

Agora sinto uma esperança no ar. E estou muito satifeito com o que assisti.

Fernando Coelho disse...

Obrigado pelos comentários Ivan e Rogério... que bom que gostaram do filme também... como o Ivan mesmo disse, acho que será difícil aparecer outro que roube o posto de filme brasileiro do ano, mas ainda temos 4 meses pra ver né. Esperemos, adoraria que toda semana eu pudesse falar de um novo filme roubando o posto de melhor do ano, mas acho difícil. Oremos!!!

Wesleyaxé disse...

Gostei demais do filme, pq é uma estória mais cinematográfica, como raramente se vê no cinema nacional, não apelou pra pornografia e nem pra favela, pq sempre que vemos um filme aparecendo com proposta diferente, quando vamos ver é uma comédia no mais batido estilo brasileiro(que não deixa de ser divertido), mas esse filme foi algo maior, foi uma estória mais bem tramada. Wagner Moura me deixou muito contente com sua atuação, só me confirmou o seu talento, que ao contrário de Selton Mello(que gosto muito), tá dando a entender que quer continuar a expandir seu talento em mais trabalho no cinema, coisa que Selton Mello deixou um pouco pra trás, e só vai voltar a atuar agora em "O Palhaço", depois de muito tempo.

Fernando Coelho disse...

Pois é Wesley, estava faltando isso nos filmes brazucas, ser cinematográfico, e que nem disse o Ivan dá mais esperanças de ver o cinema nacional crescer(OREMOS). O Selton vejo ele cada dia mais querendo ser diretor e fugindo de atuar devido ao tanto de crítica que fazem em cima dele, veremos no "O Palhaço". Como sempre curtindo seus comments, valeu ai. Abraços.

Tarcísio Silva disse...

"De Volta Para o Futuro" #NatalDoCoelho

Leonardo Coelho disse...

Cientista #NatalDoCoelho

Tato Mansano disse...

Cientista #NatalDoCoelho

Tarcísio Silva disse...

Cientista #NatalDoCoelho

Elias disse...

cientista #NatalDoCoelho

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...