Água Para Elefantes

4/30/2011 11:38:00 PM |

Como um bom diabético à procura por filmes doces, o Coelho aqui só tem uma definição para "Água Para Elefantes", jogaram muita água no açúcar ficando apenas um sorinho caseiro. Sinceramente quando vi o trailer e li a sinopse esperava um romance muito mais adocicado, o que eu queria ver. Não que o longa não seja bom, muito pelo contrário está muito bem feito, mas faltou romance.

A história contada à la "Titanic" pelo protagonista é a seguinte, o estudante de veterinária Jacob, após um acontecimento foge do seu passado e ao entrar em um trem, acaba entrando também para o circo, lá encontra e se apaixona por Marlena, artista na época dourada do circo. Eles descobrem a beleza da alegria dos grandes espetáculos, e a compaixão por um elefante especial que os torna ainda mais próximos. O problema é que Marlena é que para o amor dar certo ele terá que enfrentar August, com quem ela é casada, para que vivam um amor.


Só de ler essas linhas já poderíamos esperar muita doçura, porém não sei se ao adaptar o livro para as telas não conseguiram deixar ele tão doce quanto parece ser o livro. Pode até ser que a direção tenha pecado um pouco em revelar as coisas tão rapidamente e não deixar tanto para os espectadores se iludirem mais com a trama ao modo que vi no "O Ilusionista".


Quanto às atuações, gostei bastante, o pessoal está execrando demais o pobre(não tão mais pobre com o tanto que anda ganhando com "Crepúsculo" né) Robert Pattinson, aqui ele fez um bom papel e está agradável, ainda está longe de ser um grande astro, mas está legal. Reese Witherspoon como sempre bela e pontual, mas o grande destaque para variar está para o genial Cristoph Waltz, suas interpretações aqui como August variam desde um carismático apresentador e dono de circo até o pior vilão possível ao maltratar um pobre animal.


A direção de arte conseguiu retratar muito bem a década de 30 onde foi o grande momento de ouro do circo, com figurinos bem colocados e cenários clássicos da época em que o maravilhoso espetáculo do circo era os animais em cena.


Bem, é isso, esperava muito mais do longa, poderia ser bem melhor, acredito também que além do romance faltou momentos de climax, deixando o filme em uma linha reta e tênue sem variações de expectativas. Recomendo apenas como obra para se ver na TV mais para frente, não necessário algo de entusiasmo na grande tela do cinema. Fico por aqui hoje, mas ainda tenho mais um filme nessa semana. Abraços e até o próximo post.



5 comentários:

Cardoso Junior disse...

Realmente faltou ALGO no filme... Não sei se foi necessariamente açúcar, mas talvez um maior aproveitamento do grande vilão e um pouco mais de violência e suspense... Provavelmente para ganhar mais dólares com uma censura mais amena, os realizadores tiveram emdo de investir neste aspécto mais sujop da histório, entretanto, o resultado final certamente ganharia contorns mais urgentes e deste forma, mais interessantes ao público de forma geral. Contudo gostei bastante do filme pelo visual, a recostrução belíssima da década de 30 e as rlações entre os empregados do circo (mesmo que também pouco exploradas). Na minha opinião o erro do longa foi querer focar em seu protagonista, que embora Pattinson tenha desenpenhado um bom Jacob, ele ainda não tem força para levar um drama sozinho!
Enfim, é um filme bastante bonitinho e o Elefante do título é apaixonante. Mas poderia ser melhor! =D Nota 7 também!

caderninho azul disse...

Vi o filme ontem e essa foi a primeira critica positiva que li.Robert Pattinson melhorou desde crepúsculo mas ainda não foi dessa vez que me surpreendeu. Parece estar se esforçando e acredito que eventualmente vai chegar lá.Resse depois do Oscar esperava mais e ainda assim,gostei da atuação.Os destaques realmente são o. Elefante e o vilão,que é capaz de despertar raiva no mais frio dos espectadores.
Gostei da sua critica,vou ler de outros filmes também,embora que geralmente assista o filme antes de ler a critica para ter a minha própria opinião sem nada para interferir.

Fernando Coelho disse...

Você está 100% certo, na maioria das vezes acabo indo ver primeiro também, dai ao chegar leio tudo que falaram para ver se bate com o que achei(na maioria das vezes não, mas isso já falei em vários outros posts). Sim o Pattinson vem melhorando, quem sabe um dia caindo com um mestre da direção tipo Clint ou Scorcese façam uma boa lapidação nele e ai sim vá pra frente. Obrigado pelo comentário e volte sempre pois as opiniões aqui sempre incrementam o blog.

@gwtto disse...

"Água para Elefantes" é um filme que tinha tudo para ser bom, mas... O romance, que é o que importa, realmente não funciona, o que já tira 70% do encantamento da coisa. Acredito que seja pela falta de química entre Resse e Pattinson aliado ao mau desenvolvimento da narrativa. Não me vi torcendo pelo casal em nenhum momento. Também não há sequer uma cena capaz de despertar grande emoção. E o artifício de colocar o protagonista velhinho contando a história é péssimo. Dá um tom lúgubre e deixa aquela sensação de que nada na vida vale muito a pena, pois tudo é finito e se esvai com muita pressa. Nota 2/5.

Fernando Coelho disse...

Olá @gwtto isso que você falou foi exatamente o problema do filme, da falta de química... uma pena pois o filme tecnicamente é muito bonito... só que como disse no texto colocaram água demais para elefante de menos. Do lance do protagonista velho contando até gosto desde que me surpreenda, mas não é o caso desse filme. Valeu pelo comentário. Abraços.

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...