Bruna Surfistinha

3/01/2011 12:11:00 AM |

Antes que pensem qualquer empolgação com meus dizeres aqui no blog, já vou falar achei um filme que superou minhas expectativas, afinal fui vê-lo sem expectativa nenhuma. E antes de mais nada relevem os palavrões, afinal estamos falando de um filme para maiores de 16 anos. Mas vamos lá, "Bruna Surfistinha" me relembrou algumas noites da madrugada da Band, ou seja filmes eróticos com bastante história mas sem mostrar o hardcore mesmo. Porém nesse contou bastante da vida da moça.

Bem, começo falando sobre Debora Secco, que enfim não está nem um pouquinho mais seca hein... que maravilha, melhorou muito tanto no corpo quanto nas suas tradicionais interpretações de coitadinha bem ruinzinhas que andávamos vendo. Ponto realmente alto na sua carreira que agora deve decolar novamente. Ela faz caras e bocas muito bem feitas e atua literalmente como uma boa puta. Não conheço muito, nem acompanhei a história real de Rachel Pacheco, mas confesso que como ficção a Débora convenceu bem.

Do filme em si, acredito que poderia dar mais ênfase no momento down da personagem, que acabou ficando muito curto na história e com isso o espectador acaba nem ficando com dó ou se envolvendo com a personagem, mesmo sendo bem atuado como disse acima. Ficou muito nos momentos cômicos que fazem o serviço bem feito, diverte o público em boa parte do seu conteúdo.

O diretor não conhecia antes desse filme, mas achei que fez bem feito, com umas câmeras diferentes, usando travelings, que me deixaram até com uma pulga atrás da orelha imaginando ser a própria Débora nas cenas hardcore do filme, que se foi, se alguém souber como foi gravado me avise que é bem mostrado que os homens estão sem cueca e em boas encaixadas, então deve ter sido bem tenso fazer. Só alguns efeitos de blur(opacidade) que achei meio sem sentido, mas tudo bem.

Agora, antes de finalizar minha opinião queria dar os parabéns para a Imagem Filmes que pela primeira vez na minha vida, vejo uma sala de cinema lotada(e não apenas a minha sessão como a anterior e a posterior de hoje) de um filme brasileiro sem ter um mero escrito que estamos habituados a ver, o famoso símbolo Globo Filmes. Aleluia o cinema brasileiro está mudando meu povo, ainda vou pesquisar mais para saber, mas aparentemente não vi nada deles. E se não tiver mesmo, reitero com muito orgulho parabéns mesmo Imagem Filmes, pois não imaginava ver uma sala tão cheia.

Bom para fechar, achei bem bacana, como falei esperava ver um filminho chocho que não me divertisse nem nada, mas sai rindo bastante e acabei curtindo a história. Poderia ser melhor, mas mesmo assim recomendo a todos e acho que muitos irão gostar, claro não vá que nem a maioria do povo que fez cara de nojo ao ver uma puta com porra na boca, isso faz parte do contexto né. Por hoje fico por aqui, veremos se posto mais ainda essa semana, fraca de estréias, abraços.

1 comentários:

Amanda disse...

É que a Imagem distribuiu, mas o patrocínio é do Tele Cine... que é da Globo! rsrsrs E além disso, sexo vende né? =P

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...