Amor por Acaso

1/16/2011 08:14:00 PM |

Bom mais nenhum filme com Amor no título por esses meses né... que dois seguidos é pra confundir o cérebro mesmo... "Amor por Acaso" ou "Bed and Breakfast", aliás vou usar o nome original do filme mesmo porque aqui no brasil no ano passado "Love Happens" também saiu com o mesmo título, pessoal que rebatiza os filmes tá na hora de aumentar o vocabulário viu.

Mas vamos falar do filme, fui assistir com a espectativa de ser um novo "Olhos Azuis" (que pra mim ainda é o melhor filme brasileiro de todos os tempos) por misturar equipes brasileiras e americanas, mas totalmente não bateu, se no "Olhos Azuis" temos uma produção com essência brasileira e atuações magníficas americanas, aqui em "Amor por Acaso" temos exatamente o contrário uma produção com essência americana (uma história que você verá em qualquer filme de comédia romântica americana, com mesmos clichês e mesmos tudo) porém com atuações ao estilo brasileiro (ou seja novelesco), poderia até substituir o Dean Caim pelo Gianechinni que não mudaria nada no filme.

Mas vocês vão falar, você não gostou de nada do filme? E respondo gostei sim, a mão da direção do Márcio está bem boa pegando uns ângulos interessantes, fazendo umas câmeras rápidas, e teve a brilhante sacada de filmar num lugar paradisíaco dos Estados Unidos, com uma beleza das vinícolas que só tinha visto no "Cartas para Julieta". Também gostei de ver o inglês afiado da Juliana Paes, provando ser a mulher que estaria bem mais cotada para "Mercenários" como queria Stalone ao invés de Gisele Itie.

Agora uma coisa que odiei no filme foi que completamente diferente do filme que vi ontem "Amor por Contrato" que as propagandas passavam tão despercebidas e soavam gostosas na trama do filme, a cena pós-créditos que o diretor resolve atuar e fazer a propaganda do patrocinador de shampoo aí foi pra chutar o filme na lista.

Bom realmente vi porque demorou pra chegar em Ribeirão o filme pois não é um filme que os distribuidores devem ter gostado muito para fazer várias cópias, portanto não recomendo o filme, apenas indico ele para que vejam uma comédia americana feita por um brasileiro. Amanhã tem mais filme por aqui, abraços.

2 comentários:

Álvaro Volkhadan disse...

Concordo contigo meu amigo. Até porque a patrocinadora do Marcio Garcia é concorrente da empresa em que trabalho. Mas sabe do que mais gostei do seu blog? O nome, bela referencia ao Donnie Darko, putz achei foda. Parabéns! Já está na lista de blogs que eu sigo.

Fernando Coelho disse...

Opa, obrigado Alváro... patrocínios são o que movem atualmente o cinema brasileiro(além claro das Leis de incentivo só que são para uma minoria claro), nós como pequenos produtores até necessitamos de muitos patrocinadores para que nossos filmes saiam do papel, mas apelar fazendo merchandising direto em cena é apelação o que o Márcio fez. Obrigado por ter gostado do blog, quando criei o nome precisava de algo que contivesse meu sobrenome e tivesse cinema, dai lembrei do filme mesmo, só que faz tempo que vi ele hein, preciso assistir novamente, muito bom ele. Valeu pelo comment.

Postar um comentário

Obrigado por comentar em meu site... desde já agradeço por ler minhas críticas...